A tigela



 

Certa noite estava um poeta sentado no seu alpendre a olhar para um recipiente, quando um monge passou por ali.


Ao olhar para o poeta perguntou-lhe:
"- O que estás a fazer?"
O poeta respondeu:
"- A contemplar a lua numa tigela."


O monge começou a sorrir e o poeta já um pouco constrangido perguntou-lhe:
"-Porque te estas a rir? Qual é o problema? Porque estas a ridicularizar-me?"
O monge respondeu-lhe:
" - A não ser que tenhas partido o pescoço, porque não olhas directamente para a lua no céu?"

 



Subscrever Feed Subscrever E-mail



/

0 comments: