Escolhas



 

 

O sábio não tem uma ideia fixa,

tem consciência das necessidades dos outros.

 

Aos que são bons, trata-os com bondade.

Aos que são maus, trata-os também com bondade,

porque a natureza do seu se é boa.

 

É amável com os amáveis.

É também amável com os rudes,

porque a natureza do seu ser é a amabilidade.

 

É fiel aos fiéis, é também fiel aos infiéis.

O sábio vive em harmonia com tudo sob o céu.

Vê as coisas como a si mesmo, ama todos como seus filhos.

 

Todas as coisas são atraídas a ele.

Comporta-se como uma criança pequena.

 

 

in Tao Te Ching - Lao-Tzu




/



Conhecer o mundo e os caminhos



 

 

Sem saíres pela porta,

conhece o mundo.

Sem olhares pela janela,

podes ver os caminhos do céu.

 

Quando mais longe se vai,

menos se conhece.

 

Assim, o sábio não se aventura para diante, e contudo sabe;

não olha e, contudo, nomeia;

não se empenha e, contudo, atinge a completude.

 

 

in Tao Te Ching - Lao-Tzu




/



Tu ou a tua reputação



 

 

O que significa mais para ti, tu a tua reputação?

O que te oferece mais, tu ou aquilo que possuis?

Afirmo que o que ganhas

representa mais problemas que o que perdes.

 

O amor é o fruto do sacrifício.

A riqueza é o fruto da generosidade.

 

O homem satisfeito nunca se desilude.

Aquele que sabe quando parar é preservado de perigo,

apenas assim podes durar bastante.

 

 

in Tao Te Ching - Lao-Tzu




/



Confio no que sou



 

 

Um homem verdadeiramente bom não tem consciência da sua bondade

e, como tal, é bom.

Um tolo tenta ser bom e, como tal, não é bom.

 

O mestre nada faz, contudo, nada deixa por fazer.

O homem comum está constantemente a fazer coisas,

contudo, muitas mais ficam por fazer.

 

A mais elevada virtude é agir sem a noção do eu.

A mais elevada bondade é dar sem condições.

A mais elevada justiça é ver sem preferência.

 

Quando o Tao se perde, resta a moralidade.

Quando a moralidade se perde, resta o ritual.

O ritual é o que esconde a verdadeira fé, o inicio do caos.

 

O grande mestre segue a sua própria natureza e não os aparatos da vida.

Diz-se

" - Ele colhe o fruto e não a rama."

" - Ele junta-se aos firmes e não aos fracos."

" - Ele escolhe os verdadeiros e não os falsos."

 

 

in Tao Te Ching - Lao-Tzu




/



Sabedoria da obscuridade



 

 

Se quiseres conter algo,

deves permitir deliberadamente que se expanda.

 

Se quiseres enfraquecer algo,

deves permitir deliberadamente que se fortaleça.

 

Se quiseres eliminar algo,

deves permitir deliberadamente que floresça.

 

Se quiseres isolar algo,

deves permitir-lhe deliberadamente  acesso.

 

A esta lição chama-se a sabedoria da obscuridade.

O delicado dura mais que o forte.

O obscuro dura mais que o óbvio.

 

Os peixes não podem deixar as águas profundas,

e as armas de um país não devem ser exibidas.

 

 

in Tao Te Ching - Lao-Tzu




/



Procurar, escutar, utilizar



 

 

Todos os homens acorrem àquele que segue o caminho.

Cercam-no como um rebanho, sem que lhes faça mal,

pois nele encontram paz, segurança e felicidade.

 

Música e comida são prazeres passageiros, mas levam tempo a parar.

Como são brandas e insípidas as coisas deste mundo quando comparadas com Tao!

 

Quando o procuras, não há nada para ver.

Quando o escutas, não há nada para ouvir.

Quando o utilizas, é impossível que se esgote.

 

 

in Tao Te Ching - Lao-Tzu




/



Aquele que ...



 

 

Aquele que compreende os outros possui conhecimento,

aquele que se compreende a si próprio possui sabedoria.

Dominar os outros requer força, dominarmo-nos a nós próprios exige poder.

 

Se perceberes que tens o suficiente, és verdadeiramente rico.

 

Aquele que se entrega à sua posição, decerto vive bastante.

Aquele que se entrega a Tao, decerto vive para sempre.

 

 

in Tao Te Ching - Lao-Tzu




/



Desejo de poder



 

 

Substituo o meu desejo de poder

sobre os outros pelo meu esforço,

para me compreender e me dominar

em todas e quaisquer situações.

 

As coisas que amo... devo aprender a deixá-las em paz

 

 

 

in Tao Te Ching - Lao-Tzu




/



Resistência mínima



 

 

Aquele que orienta um líder de homens nos hábitos da vida, avisa-o contra o uso das armas para a conquista.

É frequente as armas voltarem-se contra quem as empunha.

 

Onde os exércitos tombam, a natureza oferece apenas rosas e espinhos.

Depois de uma grande batalha ter sido travada,

a terra fica amaldiçoada, as colheitas morrem,

a terra fica despojada da sua Maternidade.

 

Depois de alcançares o teu propósito, não deves exibir o teu sucesso,

não deves gabar as tuas capacidades e não deves sentir orgulho;

antes deves lamentar teres sido incapaz de evitar a guerra.

 

 

in Tao Te Ching - Lao-Tzu




/



Melhorar o Universo?



 

 

Achas que podes pegar no universo e melhorá-lo?

Não acredito que possa ser feito.

 

Todas as coisas sob o céu são veículos sagrados e não podem ser controlados.

A tentativa de controlo conduz à ruína.

Tentando segurar, perdemos.

 

Permite que a tua vida se desenrole naturalmente.

Sabe que também ela é um veículo de perfeição.

Da mesma forma que inspiras e expiras,

há um tempo para estar à frente e um tempo para ser último,

um tempo para estar em movimento e um tempo para descansar,

um tempo para ser vigoroso e um tempo para estar exausto,

um tempo para estar a salvo e um tempo para estar em perigo.

 

Para o sábio, toda a vida é movimento em direcção à perfeição,

assim, que necessidade tem do excessivo, do extravagante ou do externo?

 

 

in Tao Te Ching - Lao-Tzu




/



Percorrer o caminho



 

 

Havia algo sem forma e perfeito antes do nascimento do universo.

É serena, vazia, solidária, imutável, infinita, eternamente presente.

É a mãe do universo.

À falta de um nome melhor, chamo-lhe Tao.

 

Chamo-lhe grandiosa.

O grandioso é ilimitado.

O iluminado flui eternamente.

O fluir constante é um constante retorno.

 

Como tal, o caminho é grandioso,

o céu é grandioso, a terra é grandiosa,

as pessoas são grandiosas.

 

Assim, para conheceres a humanidade, compreende a terra.

Para conheceres a terra, compreende o céu.

Para conheceres o céu, compreende o caminho.

 

 

in Tao Te Ching - Lao-Tzu




/



O equilíbrio



 

 

Se te puseres em bicos de pés, não te sustentas com firmeza.

Se deres passos longos, não podes afastar-te.

 

O exibicionismo não revela esclarecimento.

A gabarolice não produz realização.

Aquele que é hipócrita não é respeitado.

Aquele que se gaba não durará.

 

Todos estes modos de agir são odiosos, de mau gosto.

São excessos supérfluos.

São como uma dor de estômago, um tumor no corpo.

 

 

 

in Tao Te Ching - Lao-Tzu




/



O grande líder



 

 

Como o maior dos líderes acima delas, as pessoas mal dão pela sua existência.

Conhecem alguém que amam e louvam.

Conhecem alguém que desprezam e desafiam.

 

Quando um líder não confia em ninguém, ninguém confia nele.

 

O grande líder diz pouco.

Nunca fala descuidadamente.

Trabalha sem interesse pessoal e sem deixar rasto.

Quando tudo está concluído, as pessoas dizem:

"- Fomos nós que fizemos!"

 

 

 

in Tao Te Ching - Lao-Tzu




/



Em harmonia com o caminho



 

 

O que não pode ser visto recebe o nome de invisível.

O que não pode ser ouvido recebe o nome de inaudível.

O que não pode ser agarrado recebe o nome de intangível.

Estas três coisas não podem ser definidas, como tal definem-se numa só.

 

Cada uma destas coisas é de subtil descrição.

Por intuição, podemos vê-las, ouvi-las e senti-las.

O que não se vê o que não se ouve e o que não se toca estão presentes como um só.

 

A sua alvorada não traz a manhã, o seu crepúsculo não traz a noite,

são um contínuo, inominável, que regressa do nada.

 

Aborda-os e não haverá inicio, segue-os e não haverá fim.

Não podes conhecê-los, mas podes sê-los, confortável com a tua vida.

 

Descobrir como as coisas sempre foram deixa-nos em harmonia com o caminho.

 

 

 

in Tao Te Ching - Lao-Tzu




/



A utilidade do que é, depende do que não é



 

 

Trinta raios conseguem convergir para um único eixo;

é em torno do orifício central  que gira a utilidade da roda.

 

Molda o barro numa taça;

é o espaço interior que a torna útil.

Talha finas portas e janelas,

que o quarto continuará útil no seu vazio.

 

A utilidade do que é,

depende do que não é.

 

 

in Tao Te Ching - Lao-Tzu




/



Viver de acordo com a natureza



 

 

O bem supremo é como a água, que nutre toda, sãs coisas em tentar.

Corre por lugares baixos desprezados pelos homens.

Assim, é como o Tao.

 

Vive de acordo com a natureza das coisas.

Onde viveres, vive próximo da terra.

Meditando, vai ao fundo do coração.

Ao lidares com os outros, sê gentil e amável.

Mantém a tua palavra.

Governa com equidade.

Sê oportuno a escolher o momento certo.

 

Aquele que vive de acordo com a natureza, não contraria a ordem das coisas.

Move-se em harmonia com o momento presente, sabendo sempre a verdade do que se tem de fazer.

 

 

in Tao Te Ching - Lao-Tzu




/



Tudo se encaixa



 

 

Atribuir valor ao estatuto dará origem a um contencioso.

Se sobrevalorizamos a posse, as pessoas começam a roubar.

Não exibindo o que é desejável, manteremos imperturbáveis os corações das pessoas.

 

O sábio governa  esvaziando mentes e corações, enfraquecendo ambições e fortalecendo o físico.

 

Pratica o não fazer...

Quando a acção é pura e altruísta, tudo se encaixa no seu perfeito lugar.

 

 

in Tao Te Ching - Lao-Tzu




/



Quando a obra está feita, é esquecida



 

 

Sob o céu, todos vêem o que é belo apenas porque existe o feio.

Todos podem conhecer o bom como bom apenas porque existe o mal.

 

Ser e não ser produzem-se mutuamente.

O difícil nasce do fácil.

O comprido é definido pelo curto e o alto pelo baixo.

Antes e depois caminham lado a lado.

 

Assim, o sábio vive abertamente em aparente dualidade e paradoxal unidade.

O sábio pode agir sem esforço e ensinar sem palavras.

Alimentando as coisas sem as possuir, ele trabalha, mas não pela recompensa, ele compete mas não pelo  resultado.

 

Quando a obra está feita, é esquecida.

É por isso que dura para sempre.

 

 

in Tao Te Ching - Lao-Tzu




/



Mourinho mostra como se faz uma trivela



 

 

Este post é digno de bolinha no canto superior direito do ecrã...

 

Cuidado com a linguagem que o Mourinho emprega neste pequeno vídeo, um bom Português de Portugal!

 

 

Mourinho és grande!

 

 

 

Mourinho Facci Un Gol! - Dribblig e Capriola! - Incredibile!

 

 

Open-mouthed




/



Green Day - Know your enemy



 

 

They're back baby, they're frakkin' back!

 

Depois de alguns anos sem lançar um álbum eis que a banda, de Billie Joe Armstrong, Mike Dirnt e Tre Cool, está de volta!

 

 

E como se isso por si só já não bastasse para levar ao rubro as hostes, já está igualmente marcado o concerto para o Pavilhão Atlântico, no próximo 28 de Setembro, os bilhetes variam entre os 32 e 42€.

 

9 anos depois do Coliseu dos Recreios (no qual marquei ponto) será que desta vamos ouvir o When I Come Around? ^_^''

 

 

Preço dos Bilhetes:

 

Balcão 2 € 32,00

Rampa € 32,00

Plateia em Pé € 35,00

Balcão 1 € 42,00

fonte

Bem eu vou para os de 35€, see you there!

 

 

Aqui fica o video de Know Your Enemy

 

 

 

Do you know the enemy?
Do you know your enemy?
Well, gotta know the enemy
Do you know the enemy?
Do you know your enemy?
Well, gotta know the enemy
Do you know the enemy?
Do you know your enemy?
Well, gotta know the enemy
Violence is an energy
Against the enemy
Violence is an energy
Bringing on the fury
The choir infantry
Revolt against the honor to obey
Overthrow the effigy
The vast majority
We're burning down the bargain of control
Silence is the enemy
Against your urgency
So rally up the demons of your soul
Do you know the enemy?
Do you know your enemy?
Well, gotta know the enemy
The Insurgency will rise
When the blood's been sacrificed
Don't be blinded by the lies
In your eyes
Violence is an energy
From here to eternity
Violence is an energy
Violence is the enemy
So gimme gimme revolution
Do you know the enemy?
Do you know your enemy?
Well, gotta know the enemy
Do you know the enemy?
Do you know your enemy?
Well, gotta know the enemy
Overthrow the effigy
The vast majority
We're burning down the bargain of control
Silence is the enemy
Against your urgency
So rally up the demons of your soul




/